terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

O Suicídio moral de Waldo Vieira e a iminente implosão da Conscienciologia

Bem, Waldo sempre disse que uma multidão se nivela por baixo. E sempre tratou como "manada assediadora" a turma do linxamento, onde cada obsessor chega espumando para dar seu ponta-pé. Mas eles fizeram isto também.

Linxamento físico não pode, mas linxamento moral e energético pode? Eles linxaram um rapaz do próprio time deles da invexis no vídeo - http://www.youtube.com/watch?v=buNI2kStx-k - e todo mundo ouviu tremendo de medo de não sobrar para eles. Nunca, nada, nenhuma refutação, postura ou posição em favor do rapaz, apenas medo silencioso e olhos arregalados.



O confisco dos livros (manipulação intelectual) está completo, ninguém conseguiu ou conseguirá os livros para de tal CRIME TÃO GRAVE que cometeu o rapaz para ser linxado moral e bioenergeticamente daquela forma. Eu não consegui ver o vídeo todo, fiquei com náusea.

Não há mais nada que se possa fazer para defender Waldo Vieira que no meu modesto ponto de vista cometeu suicídio moral, talvez suicídio "imoral".

Só mesmo sendo um humilde cordeiro de epicon para assistir aquilo calado, sem indignação, ou se talvez calado, para não levar pedras na cara, eu sairia de lá para sempre.

O rapaz é taxado de "anticosmoético" por não ouvir o conselho editorial e eles são totalmente antiéticos na execração e humilhação pública, que lá é uma constante, mas dessa vez foi filmada e levada a público por eles mesmos.

Se eu fosse o rapaz eu processaria o Waldo Vieira dor danos morais irreparáveis, ainda há o agravante e relevância dele ser médico e utilizar um termo médico das psicopatologias e chamar o rapaz de PSICOPATA. Quando um leigo ou um imbecil chama seus desafetos de psicopata a gente entende que é um burro (que não conhece, é leigo) tratando o outro por termo pejorativo. Mas Waldo é médico e conhece psicopatologia e a ética médica NÃO PERMITE ISSSO. A licença médica (que ele não usa mais há muitos anos) pode ser cassada com abertura de tal processo.

Eu, se fosse a vítima, entraria com tudo contra essa gentalha sem amor, sem respeito, sem ética, sem moral, sem consciência, que se refastelam no baixo nível moral da execração pública. Claro, que as "epiquetes" - seguidores de epicons, e as waldetes, seguidores de Waldo, acreditam no dogma da verdade absoluta e se o chefe mandar comer cocô, eles comerão sob mil justificativas "conscienciocêntricas".

Essa grupo que vem da Revolução Francesa e da Inquisição da Igreja Católica continua praticando os elitismos da "nobreza" (da pobreza na realidade) e da inquisição. As waldetes de hoje foram os padres, freiras e bispos do passado e seus lacaios da corte decadente do passado da nobreza de Maria Antonieta.


Nem Waldo, nem eles tem mais amparo. Ou melhor, possuem só o amparo pessoal, de nível mais baixo, pois o amparo de grupo, de função, de trabalho, não possuem mais nada, nada mesmo! Converse em off com os grandes nomes do Brasil para confirmar o que digo (são elegantes, educados e não se manifestam e estão sentindo compaixão) por quem antes fez um grande trabalho e se perdeu num desvio sem volta. Evoluir em grupo, pode ser melhor, mas desviar em grupo é mais provável. O epicon se suicida e todos pulam junto do penhasco da consciência.

Termino indignado, retiro todo e qualquer elogio, consideração, opinião amena minha anterior a Waldo Vieira e seu decadente e amoral grupo de conscienciologia com "c" minúsculo mesmo.